Como fazer incensos naturais em casa

O artesanato é uma forma de colocar a criatividade para fora e ainda ganhar um bom dinheiro. Hoje é possível fazer as mais diversas coisas, precisando apenas de alguns conhecimentos básicos. Entre os produtos mais requisitados pelas pessoas e fabricados com artesanato estão os incensos.

incenso natural em casa

Como fazer incensos naturais

Os ingredientes para fazer um incenso natural são encontrados em lojas e plantios de ervas aromáticas. A dica é procurar um estabelecimento desses próximos de casa, caso não tenha, compre as suas ervas na internet. Para fazer os incensos é preciso escolher as ervas aromáticas que mais agradam, seja em termo visual ou aroma. Muitas pessoas preferem os incensos artesanais com beleza estética para decorar ambientes, produzir enfeites e penduricalhos que são espalhados pelos ambientes da casa.

Diversas ervas e plantas podem ser utilizadas para fazer incensos naturais. As ervas mais indicadas para fazer esses incensos são: alecrim, hortelã, erva cidreira, capim-limão, sálvia, arruda, pinheiro, tomilho e manjericão.

A grande maioria dessas ervas pode ser encontrada em feiras livres e em supermercados. Entretanto, para fazer os incensos as ervas devem estar secas, porque se não for assim elas irão embolorar e apodrecer rapidamente.

Montagem do incenso

  1. Pegue as ervas escolhidas, separe as folhas doentes ou que estejam diferentes das outras e comece com um fio de algodão, fazendo um nó na ponta de cada ramo das ervas.
  2. Segure o ramo e vá enrolando o fio, dando 3 ou 4 voltas no ramo todo, apertando e dando outro nó. Enrole o fio de algodão até a outra extremidade da erva e certifique-se de que os nós estão justos e firmes.
  3. Em seguida, vire o fio e enrole de volta até alcançar a primeira extremidade. Enrole quantas vezes precisar para conseguir firmeza.
  4. As ervas com folhas mais largas necessitam de menos fio de algodão, enquanto que as ervas com folhas pequenas precisarão de muitas voltas com o fio antes de ficarem bem presas.
  5. Após fazer isso, espere algumas semanas para concluir o processo de secagem e , quando for queimar o incenso natural, inicie na ponta em que o primeiro nó foi dado, e ponha sempre o incenso em brasa em um prato de barro ou cuia própria para acendimento de incensos.

Para as pessoas que não querem ou não gostam de fazer trabalhos manuais, elas podem juntar as ervas que desejarem, colocar em um recipiente e fazer a queima.

Incensos enrolados à mão

Escolha uma ou mais ervas que usará no incenso e ponha uma ou duas colheres de sopa de cada. Com um pilão, esmague as ervas e combine as essências. Para que os aromas se juntem, deixe o pó descansar por algumas horas.

Para fazer o incenso é necessária uma substância chamada makko, ela é grudenta e inflamável e faz com que o incenso queime com facilidade. A quantidade de makko vai depender da essência. Para saber a quantidade certa para as essências que escolheu, pesquise na internet.

Com um conta-gotas, acrescente água destilada morna à mistura de ervas e makko. Adicione água lentamente, até que a mistura se torne uma pasta. Amasse a pasta com as mãos por alguns minutos, procure não achatar demais a massa e use pressão constante. Para melhores resultados, deixe a massa descansar sob uma toalha úmida de um dia para o outro.

Tire um pedaço da massa e faça um retângulo longo e estreito. Enrole o retângulo com as mãos e faça uma cobrinha. Finalize colocando um palito de bambu e revestindo-o até a metade com a massa. Enrole bem para que a massa cubra totalmente a parte do palito pretendida.

Aguarde quatro ou cinco dias para que os incensos naturais enrolados à mão fiquem duros e rígidos e em seguida pode queimá-los.

Portanto se quer aprender a fazer incensos naturais em casa, basta escolher entre as duas opções acima a que mais achar fácil e assim espantar as coisas ruins da sua casa.

(Visited 27 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *